Laboratório de Geotecnia Ambiental

 

Chefe do Laboratório: Profa. Assoc. Valéria Guimarães Silvestre Rodrigues

 

O Laboratório de Geotecnia Ambiental está capacitado a realizar estudos com contaminantes inorgânicos e orgânicos em interação com solos e materiais reativos orgânicos (turfa, compostos orgânicos e biocarvão) e inorgânicos (bentonita, zeolitas, entre outros). Conta com sistema que comporta a realização de ensaios em colunas de percolação de contaminantes, com controle de gradiente hidráulico por sistema de ar comprimido que permite ensaiar até 36 colunas simultaneamente por longos períodos de tempo. Possui também equipamento completo para a realização de ensaios de batch test para obtenção dos parâmetros de retenção de contaminantes em solos.

Em 2016, foi adquirido um equipamento de absorção atômica (marca PerkinElmer) com auxílio FAPESP que foi doado para o Departamento de Geotecnia em 2017. Esse equipamento é fundamental na quantificação de contaminantes como chumbo (Pb), zinco (Zn), cádmio (Cd), cobre (Cu), cromo (Cr), níquel (Ni), entre outros.

Dentre os principais equipamentos disponíveis no Laboratório de Geotecnia Ambiental pode-se citar:

 

•        Absorção atômica;

 

•        Agitadores mecânicos;

 

•        pHmetros;

 

•        Medidor de Eh (potencial de oxido-redução);

 

•        Condutivímetros elétricos;

 

•        Equipamento de Análise Térmica Diferencial (ATD) e Gravimétrica (ATG);

 

•        Balanças eletrônicas;

 

•        Centrifugas;

 

•        Fotômetro de Chama;

 

•        Extrator Soxhlet para determinação do índice de alteração por lixiviação contínua;

 

•        Equipamento para percolação de contaminantes em colunas;

 

•        Espectrofotômetro.